7 de julho de 2016

A Gestão 2010 – 2011

jose_ary_p

 

 

 

As memórias do Presidente


Assumir a presidência da SOHCIERJ foi um grande desafio. Já estava envolvido com a sociedade tendo sido diretor financeiro e científico, porem a presidência foi uma grande responsabilidade. O apoio dos ex-presidentes e a diretoria que montamos com uma equipe afinada com Marcello Augustus de Sena (Vice-Presidente), Maria Cristina Meira Ferreira (Diretor Financeiro ), Maria de Lourdes Montedonio Santos (Diretor Científico ), Constantino Gonzalez Salgado (Secretário Geral), Marcus Ernesto Sampaio Lacativa (Primeiro Secretário) e César Rocha Medeiros (Diretor de Publicações) foi fundamental para sucesso da gestão.

Avançamos na organização da sociedade, com certificação digital, restabelecimento do site que estava praticamente desativado, envio de “letters” pelo correio com novidades e breves revisões científicas, além de parceria com saudoso amigo Fei, que informatizou as inscrições e incrementação do site da sociedade.

Atuamos ativamente na Sociedade do Rio de Janeiro com realização de grandiosos simpósios junto com a SOCERJ, tendo em 2010 contado com dr Alexandre Abizaid e Richard Rapoza, nos primórdios dos stents bioabsorviveis no hotel Intercontinental. Em 2011 nosso evento foi separado da SOCERJ, realizado no Hotel Windsor na Barra da Tijuca, com grande área de estandes e profícua atividade científica com presença da dra Amanda Sousa, além do nosso presidente da SBHCI dr. Mauricio Resende Barbosa. Nos dois anos participamos também com simpósios satélites no Congresso Fluminense de Cardiologia, com notável parceria com nossa sociedade no interior do estado.

O retorno das atividades científicas periódicas, uma reivindicação de todos, com eventos em hospitais privados do Rio de Janeiro como Procardiaco, Clinica São Vicente, Barra Dor, Copa Dor e Samaritano, com discussão de casos clínicos e grande participação dos nossos sócios e parceiros foi um dos pontos fortes.

Certamente um dos momentos mais marcantes foi a iniciativa de integração com nossos colegas do interior do estado, tendo realizado evento em Itaperuna, com parceria do dr. Antonio Carlos Botelho, com realização de casos complexos ao vivo transmitidos para auditório do hospital, com casos editados e presença de representantes de todos os serviços de cardiologia intervencionista da cidade do Rio de Janeiro e colaboração ativa dos nossos colegas de Campos, Macaé, Cabo Frio e tantos outros centros de excelência do interior.

Foram dois anos intensos, onde a participação de todos, num só time fez a diferença e integrou nossa sociedade com momentos que recordo com grande saudade. Tenho orgulho de ter servido a nossa sociedade em tantas funções.

A SOCIERJ é uma conquista dos cardiologistas intervencionistas do Rio de Janeiro, nascida e mantida pelo esforço de todos. Conquistamos espaço e autonomia que fazem da nossa sociedade uma estrutura impar e tão especial.

José Ary Boechat